Os Segredos do Rio Grande
Brisa é aventureira, Dudu é medroso. Os dois peixinhos decidem buscar tesouros e descobrir os segredos do Rio Grande, numa jornada cheia de encontros inesperados.
Alunos das EMEFs Sebastião Vicente Ferreira e Álvaro Botelho, Lavras/MG, e Ponto de Cultura Animazul / IMA

--------------

--------------

Os Segredos do Rio Grande
Alunos das EMEFs Sebastião Vicente Ferreira e Álvaro Botelho, Lavras/MG, e Ponto de Cultura Animazul / IMA
Sinopse
Brisa é aventureira, Dudu é medroso. Os dois peixinhos decidem buscar tesouros e descobrir os segredos do Rio Grande, numa jornada cheia de encontros inesperados.
Técnicas Utilizadas
2D | Massinha | Pixilation | Recorte | Stopmotion
Podcast

Narrador 1 O Instituto Marlin Azul apresenta “Os Segredos do Rio Grande”.

narrador 2 Este podcast faz parte do projeto Cine Animazul, realizado pelo Instituto Marlin Azul apresenta, com recursos do Funcultura, Secretaria de Cultura do Governo do Estado do Espírito Santo.

Narrador 1 “Os Segredos do Rio Grande” é um filme de animação de curta metragem realizado pelos alunos da Escola Municipal Sebastião Vicente Ferreira.

Narrador 2 e da Escola Municipal Álvaro Botelho.

Narrador 1 Vamos conhecer mais sobre o filme?

Narrador 2 O filme começa apresentando Brisa e seu amigo Dudu. Eles vivem no fundo do rio, e quando descobrem o problema da poluição, Brisa tem a ideia de procurar a ajuda de um ser humano.

Narrador 1 mas Dudu fica morrendo de medo e Brisa vai à superfície sozinha. o filme mostra Dudu como medroso, mas esse medo dele não é nada injustificado. Afinal, todo o lixo que se tornou um problema para esses personagens que vivem no rio foi produzido pelo ser humano.

Narrador 2 É verdade. Mas essa decisão da Brisa é o que permite seu encontro com Sara, uma menina que fica muito tempo na beira do rio.

Narrador 1 E o que esse encontro tem de tão especial?

Trecho do filme Brisa e Sara começaram a conversar e descobrem muita coisa em comum. As duas são aventureiras, amam o rio e têm um amigo chamado Dudu.

Narrador 2 Esse encontro é marcado por muita criatividade. Sem mais nem menos, Brisa começa a conversar com Sara e elas se entendem completamente. É muito legal deixar a imaginação solta quando escrevemos um roteiro.

Narrador 1 É… Porque se a gente buscar realismo em tudo, muitas opções criativas podem acabar ficando de fora.

Narrador 2 No caso desse encontro, a gente assume que elas se entendem, mesmo sendo um peixe e um ser humano, e isso é ótimo porque surpreende quem tá vendo o filme.

Narrador 1 É muito comum que animais, sobretudo em filmes de animação, ajam como seres humanos, mas essa antropomorfização nem sempre escapa de um tratamento realista, na interação dos animais com os seres humanos, sem que eles se comuniquem.

Trecho do filme Sara, então, resolve ajudar os peixes a terminar a faxina, e chama seu amigo Dudu para ajudar.

Narrador 1 Outra estratégia legal do filme é criar um paralelismo entre esses dois mundos. Sara e seu amigo Dudu na terra; brisa e seu amigo Dudu no rio.

Narrador 2 O paralelismo é tão grande que até o nome do melhor amigo é o mesmo.

Narrador 1 E não é só o nome, porque ambos são caracterizados como medrosos. E sara e Brisa também têm muita sintonia, como a conversa criativa entre elas indica.

Narrador 2 E nessa ajuda que sara e seu amigo Dudu resolvem dar aos peixes, eles dão uma contribuição muito importante. Brisa queria limpar o rio, mas Sara acaba introduzindo nesse processo o conceito de reciclagem.

Narrador 1 É verdade, porque pensar num futuro sustentável significa ir além de simplesmente descartar corretamente o lixo, o que é super importante, mas pensar em formas de reaproveitar esse material que é considerado lixo.

Narrador 2 E com que facilidade a gente chama os materiais de lixo! Basta criatividade pra gente ver que o que alguns chamam de lixo pode se transformar em muita coisa linda.

Narrador 1 Eu acho que sara está por dentro da “política nacional de resíduos sólidos”. E não é que eles constroem uma jangada com o que outros chamam de lixo? Vendo o filme, dá vontade de pesquisar e entender mais sobre reciclagem. Existe um universo de possibilidades por trás dessa palavra.

Trecho do filme E assim as crianças e os peixinhos ficaram amigos que dividiram tudo que tinham em comum, num rio limpo, por dentro e por fora.

Narrador 1 E é com essa imagem harmônica entre o ser humano e a natureza que o filme termina.

Narrador 2 Porque se dependesse das crianças e dos animais, os problemas do planeta estariam resolvidos.

Narrador 1 É isso mesmo. Porque a exploração da natureza, visando lucro não é coisa de criança, muito menos dos animais.

Narrador 2 Acho que os adultos têm muito o que aprender com eles.

TEXTO Alexandre Guerreiro NARRAÇÃO Mariana Lindenberg de Azevedo e Gui Castor

Atividade Cineclubista

Os personagens protagonizam esforços pela qualidade de vida e reforçam sua perspectiva histórica de pertencimento ao lugar. Para terem o rio limpo, os peixinhos se comunicaram eficazmente, articulam-se com outros saberes e fazeres (crianças), e todos se engajam em busca de resultados, inclusive tendo construído a jangada, que foi de grande valia para o que objetivaram. 

O filme também fala de outros valores importantes para a vida como empatia, em que devemos aceitar a diferença do outro (diversidade) quando estabelecemos comparações sobre coragem x medo e outras formas de ser-estar no mundo, pois são singularidades, cada qual com suas potencialidades e limitações.

  1. Assistir ao filme com os alunos e propor uma conversa sobre de onde vem e para onde vai o lixo.
  2. Pesquisar sobre a coleta de lixo na sua região.
  3. Em uma cartolina ou na lousa, construir coletivamente um mapa com o caminho do lixo, como se forma, quem recolhe, para onde vai, que diferentes destinos têm os diferentes tipos de lixo.
Mostras, Festivais e Prêmios
2022

Projeto Itinerante CineSolar
Projeto CineB Solar

2021

Cine Autorama: Circuito Legado das Águas e Votorantim
Mostra Arquivos do Amanhã – Arquivo em Cartaz 2021
MICA – Mostra Itinerante de Cinema Ambiental
Encontro de Leitores, da Fábrica de Cultura Vila Curuçá

2020

1ª Mostra de Cinema Brasileiro no Hospital Pequeno Príncipe
Fest Aruanda –  Sessão Aruandinha

2019

4º Cinesolar
3ª Mostra SEMENTE – Mostra Infantil de Cinema e Sustentabilidade
18ª Mostra do Filme Livre
Festival de Cinema da Lapa – Mostra Especial de Animação Infantil
Circuito de Cinema Infantil da Mostra de Cinema Infantil (integrou o DVD do Circuito)
30º Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo - Mostra Infanto-Juvenil
4º Cineminha na Escola e na Praça da 12ª Mostra Curta Audiovisual
12º Festival de Cinema da Lapa
Festival Recanto do Cinema
2º ManduCA – Mostra de Cinema Infanto-Juvenil
Exibição no Cineclubinho do CineSesc SP
12ª Mostra Curta Audiovisual
8ª Mostra de Cinema Infantil
Mostra Infantil do Festival de Brasília

2018

IV Festival latino-Americano de Cinema de Belo Jardim
Rói-Rói - Mostra de Cinema Infantil
1º TPCine – Mostra Competitiva de Cinema – Prêmios: Melhor roteiro de animação, Melhor Filme Animação Júri Popular
17ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis
2° Filmes da Estação
4º Cine. Ema
26º Festival de Animação do Brasil Anima Mundi 2018 – Mostra Futuro Animador
Mostra Itinerante do 7º Olhar de Cinema - Festival Internacional de Curitiba
29º Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo
Mostra Itinerante de Cinema Ambiental (M.I.C.A.)
16º Festival de Cinema Internacional Infantil - FICI
7º FECIN – Festival de TV e Cinema do Interior
7º Festival Internacional Curta Brasília - Mostra Calanguinho
5ª Mostra de Cinema de Gostoso
Circuito Penedo de Cinema – Mostra Velho Chico de Cinema Ambiental
Mostra Encontro de Animação de Paraty
FICBIC – Festival de Cinema da Bienal de Curitiba - Mostra Itinerante
Cine Curtinhas do Itaú Cultural
16º Mumia
Mostra Curto-Circuito do Festival de Cinema da Bienal de Curitiba
2ª Mostra Sesc de Cinema – Etapa Estadual
Festival Cine Jardim - Sessão Especial Instituto Marlin Azul
8º Fórum Mundial da Água - Festival Film Ambiente - Programa A Voz dos Cidadãos - Prêmio Melhor Filme Júri Popular por votação online

2017

7º Festival Pequeno Cineasta
7º Anima São - Festival Internacional de Animação de São Gonçalo
Cine Congo - 9º Festival Audiovisual da Paraíba
4º Mostra de Cinema de Gostoso
10° Entretodos – Festival de Curtas-Metragens de Direitos Humanos

Ficha Técnica

Criação da História e Animação
Alunos das EMEFs Sebastião Vicente Ferreira e Álvaro Botelho, Lavras/MG

Direção e Orientação de Animação
Analúcia Godoi

Assistente
Marinéia Anatório

Roteiro e Storyboard
Rosaria

Tratamento de Imagens
Irson Barbosa
Marinéia Anatório

Montagem e Finalização
Analúcia Godoi
Marcelo Perin

Tratamento de Imagem
Irson Barbosa
Marinéia Anatório

Trilha Sonora Original
Pedro de Alcântara

Assessoria de Comunicação
Simony Leite

Coordenação Administrativa
Patricia Cortes

Coordenação Geral
Beatriz Lindenberg

Realização
Instituto Marlin Azu e Aliança Energia

---------

#15
A Carta
de Márcio Firmo, produtor de eventos
#14
Memória de um Casarão
de Josias Rodrigues Figueiredo, maçariqueiro
#13
Triste Sina, Triste Cena
de Maria Lenice de Oliveira Sá, professora aposentada
#12
Recortes
de Tião Nascimento, ferroviário aposentado
#11
Expedição Rio Doce
de Vitor Augusto de Oliveira, gestor ambiental
#10
Contos Ferroviários
de Everton Villaron de Souza, funcionário público
plugins premium WordPress

Assine nossa newsletter

* obrigatórios