Dinossauro Rex
Rex era um dinossauro como outro qualquer até que decide rever seus conceitos.
Alunos da Escola Mariano Ferreira de Nazareth e Ponto de Cultura Animazul / IMA

--------------

--------------

Dinossauro Rex
Alunos da Escola Mariano Ferreira de Nazareth e Ponto de Cultura Animazul / IMA
Sinopse
Rex era um dinossauro como outro qualquer até que decide rever seus conceitos.
Técnicas Utilizadas
Massinha | Pixilation | Recorte | Stopmotion
Podcast

Narrador 1 O Instituto Marlin Azul apresenta “Dinossauro Rex”.

Narrador 2 Este podcast faz parte do Projeto Cine Animazul, realizado pelo Instituto Marlin Azul, com recursos do Funcultura, Secretaria de Cultura  do Governo do Estado do Espírito Santo.

Narrador 1 “Dinossauro Rex” é um filme de animação de curta metragem realizado por alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental Mariano Ferreira de Nazareth, em Domingos Martins, espírito santo. Vamos conhecer mais sobre o filme?

Trecho do filme “Era uma vez um dinossauro rex. Ahrrrr!! Quando ele tava com fome, ele comia todos os bichos”.

Narrador 2 Dinossauro vegetariano? Mas ele era bem carnívoro no início do filme, né?

Narrador 1 Causa e consequência. O dinossauro começa o filme comendo todos os bichos, mas numa determinada cena, ele sofre um trauma.

Narrador 2 Sem saber, ele come o aniversariante da festa surpresa!

Narrador 1 Isso é o que podemos chamar de ponto de virada! É um acontecimento que altera o rumo da história.

Narrador 2 É verdade! O dinossauro que começa comendo todos os bichos, termina o filme transformado sem comer bicho algum.

Narrador 1 Ele passa por uma mudança profunda depois desse acontecimento, né?

Narrador 2 Hum… Então, além de falar de ponto de virada, a gente pode falar também no arco do personagem.

Narrador 1 Mas o que é o arco do personagem?

Narrador 2 É a transformação pela qual o personagem passa. Basta ver como o personagem é no início do filme, depois no meio e no final. Essa transformação é que define o arco do personagem. Mas a gente pode falar também em arco dramático, e quando estamos assistindo a uma série, podemos falar ainda em arco do episódio, arco da temporada, e por aí vai…

Trecho do filme/voz de criança “O Dinossauro Rex nunca mais comeu carne. Ele virou vegetariano”.

Narrador 1 Mas antes dele virar vegetariano, o dinossauro tocava o terror.

Narrador 2 Ele era uma ameça para os outros animais.

Trecho do filme “Todos os bichos gritavam muito mas ele nem ouvia de tanta fome”.

Trilha sonora de suspense/Dinossauro Arrrhhh! uarhhh!

Narrador 1 Engraçado como a trilha sonora dá o clima do terror, né?

Narrador 2 A trilha sonora tem poder. O cinema tem diversos exemplos de trilhas sonoras que caracterizam muito bem o terror, o romance, a comédia…

Narrador 1 Às vezes nem é uma questão de gênero. Tem trilha sonora pra todos os gostos, cineastas, estilos, momentos…

Narrador 2 E é um ótimo exemplo pra gente entender que um filme é mesmo um trabalho coletivo. Quem dirige, escreve, atua, ou mesmo quem fotografa um filme, pode não saber nada de música.

Narrador 1 Mas a música é constantemente fundamental no audiovisual. Uma boa experiência é tirar o som de um filme e assistir um pouco sem nenhum som pra ver como fica diferente.

Narrador 2 Ah, podemos fazer isso com o “Dinossauro Rex”. E podemos assistir também um videoclipe sem som nenhum.

Narrador 1 Será que esse é um daqueles casos em que damos valor a partir da ausência de determinado elemento? Só sentimos falta do som do filme quando suprimimos esse som?

Narrador 2 É legal a gente pensar que é uma experiência estética diferente. Assistir a filmes sem som é totalmente possível, e também é possível assistir a um filme só com som e sem imagem, sabia?

Narrador 1 Claro! É pra isso que temos a audiodescrição!

Narrador 2 Tá sabendo das coisas! É isso aí! O importante é todos estarem incluídos nas possibilidades do audiovisual!

TEXTO Alexandre Guerreiro NARRAÇÃO Mariana Lindenberg de Azevedo e Gui Castor

Atividade Cineclubista

No filme acompanhamos uma mudança no estilo de vida do Dinossauro Rex. 

Rex se alimentava de outros bichos até o dia que estraga uma festinha surpresa ao comer o aniversariante e invadir a festa. Esse é o ponto de virada do personagem principal. A partir daí ele continua sentindo fome, mas decide se alimentar de plantas, frutas e vegetais. Dinossauro Rex vira vegetariano e assim, consegue ficar amigo de outros animais.

Assim como Rex vai se transformando durante a história, o formato do filme também vai mudando. Inicialmente, ouvimos sons e músicas que nos lembram filmes de aventura e suspense, já quando o dinossauro se torna vegetariano, a música assume um tom mais leve e lúdico. As escolhas fílmicas acompanham o arco do personagem. E falando em transformações, Rex é desenhado e animado de diferentes jeitos durante o curta-metragem, percebeu? Por vezes, ele aparece desenhado, noutras é a massinha verde, no final até uma batata vira dinossauro.

Pareidolia é um fenômeno que nos faz reconhecer imagens de rostos em objetos, sombras ou qualquer outro estímulo visual aleatório. Por exemplo, você já olhou para uma tomada e identificou um rosto? 

  • Assim como os personagens do filme, em determinado momento, são compostos por objetos reais, busque, no seu entorno, objetos que poderiam se transformar em personagens. 
  • Fotografe os personagens e crie histórias para eles.
Mostras, Festivais e Prêmios
2016

15ª Mostra do Filme Livre – (MFL) – Rio de Janeiro, Brasília, São Paulo, Belo Horizonte e Cineclubes

2015

XI Cinefest Gato Preto – Sessão Infantil e Juvenil – - Lorena – São Paulo
Festival de Cinema Socioambiental (Cinecipó). Belo Horizonte (MG) - Mostra Infantil

2014

II Cine Jardim – Festival de Cinema de Belo Jardim – PE
Mostra Competitiva de Curtas-Metragens da 13ª Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis – Florianópolis – Santa Catarina. Menção Honrosa
18º Florianópolis Audiovisual Mercosul – Mostra Infantil – Centro de Cultura e Eventos da Universidade Federal de Santa Catarina – Florianópolis, SC
Anima Mundi (Rio de Janeiro). Mostra Futuro Animador
Anima Mundi (São Paulo). Mostra Futuro Animador
8º Curta Cabo Frio – Festival de Cinema da Costa do Sol – Cabo Frio (Rio de Janeiro) Mostra Prêmio Curta Escola
Mostra Competitiva do Primeira Janela – Festival de Cinema Infanto-Juvenil - Porto Alegre (RS)
X Festival Brasileiro de Filmes de Aventura, Turismo e Sustentabilidade (FATU) – Estância Turística de Joanópolis (SP)
9º Encontro Nacional de Cinema e Vídeo dos Sertões – Floriano – Piauí – Mostra Não Competitiva – Curta Criança Animação
8ª Baixada Animada – Mostra Iberoamericana de Cinema de Animação – Duque de Caxias e Rio de Janeiro
3º Festival de TV e Cinema do Interior – Muqui - Espírito Santo – Mostra Animazul

Cartaz 250
dinossauro_rex.cdr

Ficha Técnica

Roteiro, Direção, Narrações e Animações
Alunos da Escola Mariano Ferreira de Nazareth

Orientação de Roteiro e Coordenação de Animação
Rosaria

Orientação de Animação
Núcleo Animazul
Ariane Piñeiro
Marinéia Anatório
Marcelo Perin
Rosaria

Tratamento de Imagens, Edição e Finalização
Marcelo Perin

Tratamento de Som
Greco Nogueira

Fotos
Bruno Zorzal

Coordenação Administrativa
Patricia Cortes

Coordenação Geral
Beatriz Lindenberg

Realização
Instituto Marlin Azul

---------

Filmes relacionados: Cartilha Socioambiental 

#2
A Mulher dos Três Desejos
Alunos da Escola de Ensino Fundamental José Cupertino e Ponto de Cultura Animazul / IMA
Com podcast 252
Atividade Cineclubista De mocinho a vilão
#5
Amor Mascarado
Alunos da Escola do Campo e Estação de Ciências Margarete Cruz Pereira – Cariacica (ES)
#4
As Aventuras do Chauá
Alunos da Escola Municipal Santo Antônio do Norte – Aimorés/MG e Ponto de Cultura Animazul / IMA
Com podcast 253
Atividade Cineclubista Teatro de Sombras 
#2
A Baleia e o Tesouro
Alunos da UMEF Dr. Tuffy Nader e Ponto de Cultura Animazul / IMA
Com podcast 257
Atividade Cineclubista Qual a música da minha cidade?
#1
Dia do Manguezal
Alunos do CMEI Jacyntha Simões e Ponto de Cultura Animazul / IMA
Atividade Cineclubista História dos objetos
#1
A Garça Graça
Alunos e professores da Escola Municipal Tânia Pôncio Leite e Ponto de Cultura Animazul / IMA
Com podcast 259
Atividade Cineclubista Vamos recriar estas dublagens?
plugins premium WordPress

Assine nossa newsletter

* obrigatórios